Premiê britânico quer retirar tropas em até 5 anos

O primeiro-ministro da Grã-Bretanha, o conservador David Cameron, quer que as tropas de seu país voltem do Afeganistão em até cinco anos. Ele não estabeleceu uma data específica para a retirada, mas disse que quer que os britânicos deixem o país antes das próximas eleições gerais, marcadas para 2015.

REUTERS, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2010 | 00h00

"Não podemos ficar lá por mais de cinco anos, já que já ficamos nove anos", disse Cameron. Na quarta-feira, o chefe do Exército da Grã-Bretanha, general David Richards, afirmou que as tropas poderiam ficar de três a cinco anos no Afeganistão. Apesar do aumento da força militar dos EUA e dos aliados no país, a insurgência taleban ganhou mais força do que tinha antes da invasão americana, em 2001.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.