Premiê chinês pede que governos elevem oferta de casas

O primeiro-ministro da China, Wen Jiabao, pediu aos governos locais que aumentem a oferta de moradias acessíveis, para conter a demanda especulativa e ajudar a impulsionar o crescimento econômico do país, segundo divulgou neste sábado a agência estatal de notícias Xinhua.

AE, Agência Estado

01 de setembro de 2012 | 11h09

Falando durante uma visita à cidade de Tianjin, Wen reiterou a postura do governo de manter um rígido controle sobre o mercado imobiliário. "Os controles sobre o mercado imobiliário já têm dois anos e o governo tem feito progressos significativos na contenção de aumentos rápidos nos preços das moradias", comentou o premiê.

Segundo o líder chinês, é preciso adotar ações para conter a demanda especulativa. "Acima de tudo, nós precisamos aumentar a oferta de moradias", afirmou, acrescentando que, assim, os governos locais também podem ajudar a estimular o crescimento econômico. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaWen Jiabao

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.