Premiê da Dinamarca reformula gabinete

A primeira-ministra da Dinamarca, Helle Thorning-Schmidt, anunciou nesta segunda-feira a reformulação de seu governo, dias depois de o Partido Popular Socialista ter saído da coalizão, numa disputa que ameaça a liderança política do país. A decisão afeta 11 Ministérios.

Agência Estado

03 de fevereiro de 2014 | 14h41

Thorning-Schmidt lidera agora um governo minoritário de dois partidos, formado por sua legenda, o Partido Social-Democrata, e o Social Liberal. O Partido Popular Socialista saiu do governo na semana passada, depois que o líder da legenda não ter conseguido chegar a um acordo dentro do partido para apoiar a venda de uma participação de 19% na estatal de energia Dong Energy A/S para o banco de desenvolvimento Goldman Sachs. O acordo foi aprovado na quinta-feira. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Dinamarcagovernoreformulação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.