Premiê da Grécia diz que formará novo governo

Poucas horas depois de ter sugerido que poderia renunciar ao cargo se a oposição aceitasse formar um governo de coalizão, o primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, disse que permanecerá no posto e anunciou que vai reformar seu gabinete.

GUSTAVO NICOLETTA, Agência Estado

15 de junho de 2011 | 16h25

"Antes mesmo de começarmos a negociar de forma substancial, a oposição apresentou condições que não podem ser aceitas", disse o primeiro-ministro grego durante um pronunciamento. "Vou continuar na mesma trilha. Amanhã formarei um novo governo e pedirei um voto de confiança ao parlamento", acrescentou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GréciapremiêgovernoPapandreou

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.