Premiê da Índia declara vitória em eleições nacionais

O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, declarou hoje vitória nas eleições nacionais do país, afirmando que os eleitores deram à coalizão do Congresso "um mandato sólido". Singh fez os comentários a repórteres, após resultados indicarem que sua aliança obteve vitória esmagadora nas eleições, o que manterá Singh no poder por outro mandato. "Eu demonstro meu sentimento profundo de gratidão às pessoas do país pelo mandato sólido que elas deram" à aliança, disse Singh.

NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

16 de maio de 2009 | 09h25

O partido nacionalista hindu Bharatiya Janata (BJP), o outro principal partido do país, não conseguiu convencer os eleitores a mudar a liderança nacional em um período de incerteza econômica e instabilidade regional. "Aceitamos o veredicto do povo", disse Arun Jaitley, autoridade sênior do BJP. "Certamente algo deu errado."

Canais de notícias consideravam a vitória do Congresso com base em mais de 70% dos votos contados. Segundo o canal CNN-IBN, a aliança do Congresso poderá obter 258 cadeiras no Parlamento, que possui total de 543, enquanto a aliança liderada pelo BJP poderá ficar com 162. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiaeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.