AP Photo/Christophe Ena
AP Photo/Christophe Ena

Premiê da Itália é hospitalizado e passa por procedimento cardíaco, diz porta-voz

Paolo Gentiloni, de 62 anos, sentiu-se mal durante viagem de volta de Paris; ele foi internado e passou por uma angioplastia para desobstruir artérias do coração

O Estado de S.Paulo

11 Janeiro 2017 | 08h20

ROMA - O primeiro-ministro italiano, Paolo Gentiloni, foi submetido de emergência a uma angioplastia, um procedimento que desobstrui artérias do coração, após sentir-se mal durante viagem de volta de Paris na terça-feira, disse a porta-voz do premiê nesta quarta-feira 11.

Gentiloni, de 62 anos, tomou posse no mês passado. A porta-voz Flaminia Lais disse que ele está passando bem após a cirurgia realizada no hospital Gemelli, em Roma. Uma fonte do hospital disse que a operação aconteceu na terça-feira à noite. Não havia mais detalhes disponíveis sobre o estado de saúde do premiê nem um prognóstico.

Gentiloni se reuniu na terça-feira em Paris com o presidente francês, François Hollande. Ele tinha viagem prevista para Londres na quinta-feira para se reunir com a premiê britânica, Theresa May.

Gentiloni, do Partido Democrático, de centro-esquerda, formou um governo após a renúncia do ex-primeiro-ministro Matteo Renzi na sequência de uma derrota esmagadora em um referendo sobre uma reforma constitucional. / REUTERS

Mais conteúdo sobre:
ItáliaPaolo Gentiloni

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.