Premiê de Israel quer que mundo pressione palestinos

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, está convocando a comunidade internacional a exigir que o presidente palestino encerre o seu governo de unidade recém-formado com o grupo militante Hamas.

AE, Agência Estado

17 de junho de 2014 | 17h13

Netanyahu diz que o mundo deve dar o passo em resposta ao recente desaparecimento de três adolescentes israelenses na Cisjordânia.

Israel acredita que o Hamas está por trás dos sequestros aparentes, embora não tenha oferecido nenhuma prova. O Hamas enalteceu o sequestro, mas não assumiu a sua responsabilidade.

Netanyahu disse que o rapto "mostra a verdadeira face do Hamas". Ele pediu ao mundo para clamar ao presidente palestino, Mahmoud Abbas, para "que encerre o seu pacto com o Hamas".

Abbas formou um governo de unidade no início deste mês para acabar com uma disputa de sete anos com o Hamas. O gabinete tecnocrata é formado por partidários de Abbas, mas o Hamas concordou em apoiá-lo também. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
IsraelPalestina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.