Premiê diz que economia da China está melhor que o esperado

O crescimento de 6,1% nos três primeiros meses constado na China pelo Governo é o pior da última década

EFE,

18 de abril de 2009 | 02h38

O primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, assegurou neste sábado que a situação da economia chinesa é "melhor que a esperada" e que foram percebidas mudanças positivas em sua evolução, informou a agência oficial de notícias local "Xinhua".

 

Em discurso na abertura de um fórum econômico regional na ilha de Haian, no sul do país, Wen afirmou que o plano de estímulo econômico de 4 trilhões de iuanes (US$ 584 bilhões) já está fazendo efeito.

 

As medidas "velozes e decisivas" tomadas por Pequim para combater a recessão estão fortalecendo a economia chinesa, segundo o primeiro-ministro, que, no entanto, advertiu que a recuperação mundial será "um processo longo e tortuoso".

 

"Não devemos esquecer o fato de que a crise financeira internacional ainda está se expandindo, a tendência básica de recessão mundial não mudou", comentou.

 

O crescimento de 6,1% nos três primeiros meses constado na China pelo Governo é o pior da última década e está longe do objetivo oficial, de 8%.

 

O Fórum de Boao, onde discursou Wen, é uma reunião econômica anual da Ásia que contra com 12 chefes de Governo e de Estado e mais de 1.600 delegados da região.

Tudo o que sabemos sobre:
CHINA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.