Premiê diz que mesquita em Najaf não será atacada

O primeiro-ministro interino do Iraque, Ayad Allawi, disse que a mesquita sagrada do Imam Ali, em Najaf, não será atacada, segundo entrevista concedida à rádio BBC. Allawi pediu ao líder xiita Muqtada Al-Sadr que siga a lei e integre o processo político. "Não estamos ameaçando as pessoas", disse. Ele afirmou que se Al-Sadr tiver qualquer "problema político" com o governo ou com as forças multinacionais, "tem opção de ser escolhido líder do Iraque quando as eleições começarem, em dois ou três meses".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.