Premiê diz que Turquia não se desculpará por derrubar avião da Rússia

O primeiro-ministro da Turquia, Ahmet Davutoglu, disse que seu país não se desculpará por ter derrubado um avião militar russo que operava na região da fronteira entre Síria e Turquia.

Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2015 | 10h21

Davutoglu também afirmou que a Turquia espera que Moscou reconsiderará as sanções econômicas anunciadas após o incidente da semana passada. O premiê disse a repórteres que "nenhum primeiro-ministro ou presidente turco se desculpará...por estar fazendo nosso trabalho".

O premiê turco falou após uma reunião com o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) em Bruxelas. Ele disse que a Turquia segue aberta a dialogar com Moscou sobre maneiras de evitar incidentes do tipo no futuro. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
TurquiaRússiatensãoDavutoglu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.