Premiê do Congo renúncia por problemas de saúde

O primeiro-ministro do Congo, Antoine Gizenga, renunciou hoje. Gizenga, de 83 anos, afirmou que o motivo da saída era sua saúde. "Mesmo que o espírito ainda esteja são e alerta, o corpo tem seus limites e eles devem ser levados em conta", disse o líder em comunicado. Gizenga ocupava o cargo desde dezembro de 2006, quando o presidente Joseph Kabila o nomeou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.