Premiê do Peru renuncia ao cargo

José Antonio Chang será substituído pela atual ministra da Justiça; segundo comunicado, 'não há crise'

Efe

19 de março de 2011 | 13h53

LIMA - O presidente do Conselho de Ministros do Peru, José Antonio Chang, renunciou ao Gabinete, a quatro meses do fim do mandato de Alan García, para retomar seus trabalhos acadêmicos.

 

A informação foi anunciada neste sábado, 19, por García, que enfatizou que "não há nenhuma crise (ministerial)" e explicou que Chang tinha intenções de voltar a seus trabalhos como reitor da Universidade San Martín de Porres, uma das maiores do país, após ter assumido o Gabinete em setembro passado.

 

O chefe de Estado indicou ainda que Chang fez um "extraordinário e histórico trabalho" à frente do Ministério da Educação, pasta que ocupava cumulativamente desde 2006.

 

Chang concorrerá à reeleição de reitor universitário em abril, indicou García aos jornalistas, durante uma visita de trabalho ao norte do país.

 

O presidente peruano confirmou que a atual ministra da Justiça, Rosario Fernández, será a substituta de Chang e irá manter o cargo em sua pasta atual. Já o vice-ministro de Educação, Víctor Raúl Díaz Chávez, será o novo titular da pasta.

Tudo o que sabemos sobre:
PerupremiêGarcíaJosé Antonio Chang

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.