Premiê egípcio conclui reforma ministerial

Para acalmar a maioria islâmica no Parlamento, o primeiro-ministro interino do Egito, Gamal Ganzhouri, concluiu ontem uma reforma ministerial. Foram trocados os ministros da Educação Superior, da Cultura, de Assuntos Parlamentares e do Trabalho e da Imigração. Ainda ontem, os candidatos à presidência do Egito fariam o primeiro debate da campanha eleitoral. Até o começo da noite, o encontro ainda não havia acabado. No começo do dia, a junta eleitoral confirmou a eleição para os dias 23 e 24.

O Estado de S.Paulo

11 Maio 2012 | 03h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.