Premiê envia tropas para proteger cristãos

O primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki, afirmou ontem que enviará tropas do Exército e policiais para proteger os cristãos na cidade de Mossul, no norte do país, onde centenas de pessoas fugiram de suas casas depois de uma onda de mortes e ameaças. Ao menos 12 cristãos foram assassinados nas últimas semanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.