Premiê forma governo para atacar deflação

O novo primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, anunciou ontem a formação de um gabinete com aliados, dando início à sua segunda administração, com o compromisso de combater a deflação e lidar com o desafio de uma China em ascensão. Abe, de 58 anos, prometeu tornar as exportações japonesas mais competitivas. Neto de um ex-primeiro-ministro, ele retorna cinco anos depois de renunciar abruptamente ao mesmo cargo, em parte por escândalos em seu gabinete.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.