Premiê grego muda gabinete e indica novo ministro da Economia

Novo titular é ex-adversário do primeiro-ministro George Papandreu e assume em meio a onda de protestos.

BBC Brasil, BBC

17 de junho de 2011 | 07h18

O primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, promoveu uma reformulação em seu governo, indicando, entre outros, um novo ministro da Economia. O cargo será assumido pelo ex-ministro da Defesa Evangelos Venizelos.

O novo titular da Economia é um veterano do Partido Socialista de 54 anos, e assume o cargo em meio a uma série de protestos de rua e greves contra as severas medidas de austeridade econômica adotadas pelo governo.

Ele substituirá George Papaconstantinou, de 49 anos, que vinha sofrendo fortes críticas por não ter conseguido impulsionar a economia grega após 18 meses no cargo.

O governo grego está tentando promover cortes equivalentes a 28 bilhões de euros (cerca de R$ 63,5 bilhões) nos próximos quatro anos.

Os cortes são um pré-requisito para que o país possa receber um pacote de auxílio equivalente a 12 bilhões de euros por parte da União Europeia e do FMI.

A promoção de Venizelos, que também foi indicado para ser o nomo vice-primeiro-ministro do país, ocorre pouco antes de um voto de desconfiança no Parlamento, previsto para ser realizado no domingo.

Reformulação

Venizelos foi um ex-adversário de Papandreou na disputa pelo comando dos socialistas.

Ele terá pela frente a tarefa de dar continuidade à implementação das duras e impopulares medidas que visam conter a forte crise econômica enfrentada pela Grécia.

O ex-ministro Papaconstantinou passará a ser o novo titular do Ministério do Meio Ambiente, substituindo uma das mais tradicionais aliadas de Papandreu, a ministra Tina Birbili.

O primeiro-ministro Papandeou dispensou ainda outro aliado próximo, o ex-ministro das Relações Exteriores Dimitris Doutras.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.