Premiê nega qualquer acordo com Murdoch

O premiê britânico, David Cameron, depôs ontem a uma comissão de investigação sobre seus vínculos com Rupert Murdoch. Ele negou que exista um pacto entre seu partido e o império midiático e considerou absurda a "ideia de um acordo" com Murdoch. O magnata é suspeito de ter sido bem tratado pelos conservadores em troca de uma cobertura favorável e do apoio de seus jornais nas eleições de 2010.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.