Premiê palestino sofre ataque cardíaco nos EUA

O primeiro-ministro palestino Salam Fayyad foi hospitalizado após sofrer um ataque cardíaco durante uma visita privada aos Estados Unidos, informou seu escritório hoje. Ele foi levado ao centro médico Seton, em Austin, Texas, ontem, após reclamar de "fortes dores no peito", disse seu porta-voz, Jamal Zakout.

AE, Agência Estado

23 de maio de 2011 | 19h40

O premiê, nascido em 1952, estava em Austin para participar da formatura de seu filho, Khaled, quando sentiu fortes dores no peito ontem, afirmou Zakout.

Fayyad, que fuma bastante, passou por exames que mostraram um bloqueio na artéria coronária, afirmou Zakout. Ele sofreu um ataque cardíaco enquanto estava no centro médio, acrescentou ele.

O premiê foi submetido a um cateterismo hoje e foram realizados procedimentos para desobstruir a passagem do sangue. Segundo Zakout, ele "está bem e deve deixar o hospital nos próximos dois dias".

Fayyad está no cargo desde 2007. Ele foi nomeado após o presidente palestino Mahmoud Abbas ter demitido o então primeiro-ministro Ismail Haniyeh, que pertence ao Hamas, após a violenta tomada da Faixa de Gaza pelo grupo islamita.

Fayyad, que é um político independente, trabalha na Cisjordânia, enquanto o Hamas ainda controla a Faixa de Gaza. Ele pode perder o cargo como resultado do recente acordo de reconciliação entre o Hamas e o Fatah, do qual Abbas é integrante. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdeataquecoraçãopremiêPalestina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.