Premiê paquistanês ordena volta de ministra que está nos EUA

'Hina' Rabbani Khar viajou aos EUA como representante do Paquistão na Assembleia Geral da ONU

EFE

26 Setembro 2011 | 13h11

NOVA DÉLHI - O primeiro-ministro do Paquistão, Yousuf Raza Gillani, ordenou o retorno ao país de sua ministra de Exteriores, de visita nos Estados Unidos, perante a rápida deterioração da relação bilateral, informa nesta segunda-feira a imprensa local.

 

"Hina" Rabbani Khar está nos EUA para representar o Paquistão na Assembleia Geral das Nações Unidas; nesta sexta-feira se encontrou com o presidente americano, Barack Obama, e na terça-feira deve pronunciar um discurso no organismo multilateral.

 

A visita aos EUA de "Hina" foi ofuscada pela acusação lançada na quinta-feira passada pelo chefe do Exército americano, Mike Mullen, sobre os supostos vínculos entre os serviços secretos paquistaneses e a rede terrorista Haqqani.

 

Os Haqqani são um dos grupos insurgentes mais ativos da insurgência no leste afegão, e têm supostamente seu centro de operações na região tribal do Waziristão do Norte, uma pequena demarcação paquistanesa na fronteira com o país vizinho.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.