Premiê paquistanês ordena volta de ministra que está nos EUA

'Hina' Rabbani Khar viajou aos EUA como representante do Paquistão na Assembleia Geral da ONU

EFE

26 de setembro de 2011 | 13h11

NOVA DÉLHI - O primeiro-ministro do Paquistão, Yousuf Raza Gillani, ordenou o retorno ao país de sua ministra de Exteriores, de visita nos Estados Unidos, perante a rápida deterioração da relação bilateral, informa nesta segunda-feira a imprensa local.

 

"Hina" Rabbani Khar está nos EUA para representar o Paquistão na Assembleia Geral das Nações Unidas; nesta sexta-feira se encontrou com o presidente americano, Barack Obama, e na terça-feira deve pronunciar um discurso no organismo multilateral.

 

A visita aos EUA de "Hina" foi ofuscada pela acusação lançada na quinta-feira passada pelo chefe do Exército americano, Mike Mullen, sobre os supostos vínculos entre os serviços secretos paquistaneses e a rede terrorista Haqqani.

 

Os Haqqani são um dos grupos insurgentes mais ativos da insurgência no leste afegão, e têm supostamente seu centro de operações na região tribal do Waziristão do Norte, uma pequena demarcação paquistanesa na fronteira com o país vizinho.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.