Premiê pediu ataque nuclear à China em 1965

Ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1974, o ex-primeiro-ministro japonês Eisaku Sato pediu em 1965 aos EUA que atacassem com armas nucleares a China, caso Tóquio e Pequim entrassem em guerra. A informação foi dada pela agência de notícias japonesa Kyodo, que publicou documentos confidenciais revelados recentemente. O pedido foi dirigido diretamente ao então secretário de Defesa do governo Lyndon Johnson, Robert McNamara, que teria aceito a proposta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.