Premiê ucraniano irá aos EUA para discutir crise

O primeiro-ministro interino da Ucrânia, Arseniy Yatsenyuk, disse neste domingo que viajará aos Estados Unidos nesta semana para discutir a crise na Crimeia. "Eu vou aos EUA para reuniões do mais alto nível destinadas a resolver a situação na Ucrânia", afirmou Yatsenyuk, segundo a agência de notícias Interfax.

AE, Agência Estado

09 de março de 2014 | 11h17

O premiê informou que a próxima reunião de gabinete na quarta-feira será conduzida pelo seu vice, mas não especificou quanto ele fará a viagem para Washington. A visita será a primeira feita por ele desde que assumiu o governo, depois que o presidente Viktor Yanukovych foi deposto em 22 de fevereiro.

Yatsenyuk esteve em Bruxelas na semana passada, durante a qual ganhou o suporte diplomático de líderes da União Europeia (UE) para preservar a integridade territorial da Ucrânia após a Rússia ter enviado soldados para a península da Crimeia. Tanto a UE quanto os Estados Unidos prometeram um pacote de assistência financeira para Kiev que ajudará o governo interino a evitar um calote da dívida. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
UCRÂNIAVISITAEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.