Premier canadense deve ser reeleito hoje, diz pesquisa

O primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, deve manter o emprego após as eleições nacionais de hoje, segundo pesquisas e analistas. Porém o líder dos Conservadores pode ter dificuldades para ampliar seu poder. Harper tem uma vantagem pequena no Parlamento desde a eleição de 2006 e precisa da oposição para aprovar leis. Ele pediu aos eleitores que apoiassem sua sigla, para conseguir as 155 cadeiras necessárias para chegar à maioria na Casa de 308 vagas.Porém Harper, o primeiro líder mundial importante a ser testado desde o início da crise global de crédito, tem sido criticado por sua demora em agir diante da tensão econômica. Isso, entre outros erros, pode custar ao primeiro-ministro algumas cadeiras preciosas no Parlamento, mantendo a dificuldade do governo para aprovar qualquer legislação.O Canadá tem 23,4 milhões de eleitores registrados, para uma população de pouco mais de 33 milhões. Harper e seus rivais, os Liberais, realizaram atos em vários pontos do país ontem, último dia de campanha. "Ele provavelmente está em uma posição em que pode manter o poder, mas não será capaz de impor sua agenda", avaliou Robert Bothwell, diretor do programa de relações internacionais da Universidade de Toronto.No começo da campanha, as pesquisas mostravam Harper com boas chances de ganhar a maioria almejada. Porém o primeiro-ministro se complicou ao declarar em um debate que os canadenses não estão preocupados com seus empregos ou suas hipotecas. Dias depois, disse que as ações estavam baratas. Na seqüência da declaração, a bolsa de valores canadense teve sua pior semana em quase 70 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.