Premier declara Québec uma nação dentro do Canadá

O premier canadense Stephen Harper introduziu uma moção no Parlamento na quarta-feira, reconhecendo a província francófona do Québec como uma nação dentro do Canadá. A medida reiniciou um debate sobre a questão da separação, com apoiadores vendo como uma jogada política ousada, enquanto críticos consideram uma receita para rachar o país. Os comentários de Harper no parlamento pareciam adiantar uma moção planejada pelo Bloc Quebecois, grupo separatista, de que a província francófona é uma nação. O documento, no entanto, não inclui as palavras "dentro do Canadá", deixando os federalistas preocupados com o fato de ela poder ser mal-interpretada. Harper disse que a moção do Bloc Quebecois era "um pedido incomum", que poderia levar a outro referendo pela independência do Québec. "Os habitantes do Québec formam uma nação dentro do Canadá? A resposta é sim", disse Harper na quarta-feira a uma câmara dos Comuns exultante, sendo bastante ovacionado. "Os habitantes do Québec formam uma nação independente? A resposta é não - e sempre será não." Os editoriais dos jornais bateram forte no assunto nesta quinta-feira, com o liberal Toronto Star dizendo que a "intervenção" de Harper no debate simplesmente o intensifica. "A bomba surpresa que Harper lançou ontem nunca irá aplacar os separatistas do Québec, até porque tem o potencial de enfraquecer o Canadá ao fornecer aos separatistas Masi um argumento para a próxima vez - e quase com certeza haverá uma próxima vez - eles querem rachar o país", afirma o jornal. "A intervenção impensada de Harper nesse debate promete atiçar os separatistas e criar divisões e amargura." Embora os habitantes do Québec votaram duas vezes contra a independência do Canadá em referendos, sendo o último em 1995, os ânimos separatistas continuam na província.

Agencia Estado,

23 Novembro 2006 | 14h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.