Premier do Canadá quer provas contra o Iraque

O primeiro-ministro do Canadá, Jean Chretien, disse que precisa de evidências da ligação do Iraque com o terrorismo internacional que justifiquem o apoio de seu país a um ataque. Chretien afirmou que está pronto para ouvir o presidente norte-americano, George W. Bush. "Verei o que tem a dizer, ouvirei e nós tomaremos uma decisão", afirmou o premie canadense. Os líderes se reunirão segunda-feira em Detroit. O Canadá tem cooperado com a campanha no Afeganistão e informou ainda que os cidadãos sauditas devem obter visto para entrada no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.