Premier japonês empossa gabinete prometendo reformas

O primeiro-ministro do Japão, Yasuo Fukuda, empossou seu novo gabinete neste sábado reiterando promessas de reformas e combate à inflação, numa tentativa de reconquistar a confiança dos eleitores. Anunciadas na sexta-feira, as mudanças no ministério foram ridicularizadas pela oposição como "cosméticas" e "publicidade"."Está na hora de prosseguirmos com as reformas. Prometo que farei o possível para criar uma sociedade onde as pessoas possam viver com tranqüilidade", disse Fukuda, durante a primeira reunião de seu gabinete. Os novos membros do Ministério foram empossados em cerimônia ocorrida mais cedo, no Palácio Imperial.Fukuda disse ainda que leva a sério a preocupação e queixas da população sobre o sistema previdenciário, e prometeu que logo apresentará um "plano de segurança" para os próximos dois anos, além de medidas para combater o efeito da alta nos preços dos combustíveis, alimentos e outros produtos.A popularidade de Fukuda caiu drasticamente nos últimos meses em meio a notícias de que o governo perdeu registros previdenciários e acusações de corrupção. O índice de aprovação do premier japonês está hoje em apenas 20%, segundo pesquisas publicadas em jornais locais, e muitos analistas acreditam que o cargo de Fukuda está por um fio.

AE-AP, Agencia Estado

02 de agosto de 2008 | 09h18

Tudo o que sabemos sobre:
JAPÃOGABINETEREFORMAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.