Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Premier quer polícia palestina armada nas ruas

O primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Ahmed Korei, criticou Israel pela expansão de assentamentos na Cisjordânia e por bloquear o plano pôr policiais palestinos armados nas ruas. Apesar de ser amplamente simbólica, a presença de mais policiais uniformizados fortaleceria a posição de Korei perante seu povo e serviria como forma de demonstrar o poder com que conta, atualmente, no governo.Korei disse ter recorrido ao cônsul americano David Pearce para que manifeste "uma posição clara e firme" dos Estados Unidos contra a atividades israelense de assentamentos e em favor da presença de policiais armados nas cidades palestinas.Um porta-voz do governo israelense confirmou que Jamil Tarifi, ministro palestino de assuntos civis, manteve contato com o Estado judeu para coordenar o posicionamento de mais policiais uniformizados pela Cisjordânia. "Nós queremos cooperar", garantir Ophir Chacham, o porta-voz. Entretanto, ele recusou-se a dizer se os policiais palestinos poderiam portar armas.Nos últimos anos, Israel atacou diversos alvos da polícia palestina sob a alegação de que os agentes de segurança estariam ajudando militantes em ataques contra israelenses. Os palestinos, por sua vez, dizem que Israel destruiu a única infra-estrutura da qual dispunham para combater a militância armada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.