Presa enfermeira italiana suspeita de matar cinco pacientes

A polícia italiana prendeu uma enfermeira suspeita de ter matado cinco pacientes com idade avançada ou com doenças terminais, entre setembro e novembro.Ao que parece, a enfermeira, que trabalha em um hospital em Lecco, no norte da Itália, matou os pacientes com injeções de bolhas de ar, disse o advogado Annamaria Delitala.A enfermeira, de 34 aos, confessou a autoria de "cinco ou seis" homicídios, segundo Detitala. A polícia investiga a possibilidade de haver mais vítimas.De acordo com informações da imprensa, a enfermeira parecia ter problemas mentais e disse que as mortes dos pacientes a fizeram se sentir mais poderosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.