Presa mulher que chefiava facção da Camorra

A polícia italiana prendeu, na noite de ontem, uma das principais comandantes do crime organizado no país. Maria Licciardi, conhecida como "Pimpinela scarlata" de Nápoles, foi detida na região de Melito, quando viajava de carro com um casal de amigos que a estavam escondendo da polícia. Aos 51 anos, Maria vinha sendo procurada pela polícia há mais de dois anos, quando seu marido foi preso.Maria chefiava o cartel criminoso chamado "Alianza de Secondigliano" desde a prisão de seus irmãos, e irmã de Gennaro e Piero Licciardi. Maria era a número sete na lista dos criminosos mais perigosos procurados pela polícia italiana. O grupo tem o nome de uma das áreas de mais forte atuação da máfia na região napolitana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.