Presidente ameaça deixar diálogo de paz

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, disse no fim de semana que abandonará o diálogo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) caso as negociações não avancem. "Se não avançarmos, nos levantaremos da mesa", disse. O chefe das Farc nas negociações, Ivan Marquez, assegurou, em entrevista publicada ontem pela revista Semana, que o diálogo vai bem e tem avançado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.