Presidente checo nomeia premiê interino

O presidente da República Checa, Milos Zeman, nomeou nesta terça-feira o ex-ministro de Finanças Jiri Rusnok como primeiro-ministro interino, após a queda do governo de centro-direita. "Eu estou convencido de que Rosnek, como ex-ministro de Finanças, tem o melhor currículo para ajudar o governo a elaborar um novo orçamento fiscal para o próximo ano", afirmou.

Agência Estado

25 Junho 2013 | 14h05

O presidente disse que Rusnok pode ficar no cargo até o fim da atual legislatura, que termina no meio do ano que vem, ou podem ser convocadas eleições antecipadas, "provavelmente no fim de setembro". O premiê Petr Necas renunciou na semana passada, após um importante aliado ser acusado por promotores de corrupção e abuso de poder. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
República Checapolítica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.