Presidente chileno diz que ultimato dos EUA deixa pouco tempo ao Iraque

A nova proposta feita pelos EstadosUnidos e a Grã-Bretanha no Conselho de Segurança (CS) da ONU, deimpor o próximo dia 17 como um ultimato ao Iraque, "deixa muitopouco espaço de tempo" ao país árabe para se desarmar, disse hoje opresidente chileno, Ricardo Lagos. O líder chileno confirmouhoje que o presidente dos EUA, George W. Bush, lhe telefonouontem para pedir seu apoio à proposta anglo-americana. Lagos,por sua vez, respondeu que a considerava insuficiente. O Chileocupa uma cadeira de membro rotativo no CS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.