Presidente chinês faz crítica velada a norte-coreanos

O presidente da China, Xi Jinping, declarou ontem que "nenhum país tem o direito de jogar a região ou o mundo todo no caos em razão de objetivos egoístas", uma mensagem dura - embora indireta - ao regime norte-coreano. Pequim é o principal aliado da Coreia do Norte e potências ocidentais pressionam os chineses a usarem sua influência para moderar as ações da ditadura de Kim Jong-un.

O Estado de S.Paulo

08 de abril de 2013 | 02h01

As declarações de Xi foram feitas em uma conferência na Ilha de Hainan, sul da China, e ele não citou explicitamente o regime norte-coreano. Segundo o presidente chinês, a estabilidade na Ásia enfrenta "novos desafios, enquanto assuntos delicados continuam a aparecer".

Antes, o chanceler chinês, Wang Yi, havia reclamado em uma nota oficial da "retórica e das ações provocadoras de todas as partes". / AP e NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.