Presidente da Argélia sofre pequeno derrame cerebral

O presidente da Argélia, Abdelaziz Bouteflika, sofreu um pequeno derrame cerebral neste sábado, 27, e foi levado para a França para exames, segundo noticiado pela agência de notícias APS. O líder, de 76 anos, teve uma "isquemia transitória" - um bloqueio temporário do fluxo sanguíneo - de acordo com Rachid Bougherbal, diretor do Centro Nacional de Medicina Esportiva.

ÁLVARO CAMPOS, Agência Estado

28 de abril de 2013 | 08h56

"Uma investigação inicial já foi instaurada e o presidente precisa repousar e passar por exames", comentou Bougherbal, conforme noticiado pela APS. Segundo ele, não existe "nenhum motivo de ansiedade" pela saúde de Bouteflika. "Algumas horas atrás o presidente teve um leve desmaio e foi hospitalizado, mas a situação não é grave", afirmou o primeiro-ministro argelino, Abdelmalek Sellal.

Eleito em 1999 e reeleito em 2004 e 2009, Bouteflika passou por uma cirurgia de emergência em 2005, em Paris, para tratar uma úlcera. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Argéliaderrame

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.