Presidente da Bolívia abandona evento após protestos

O presidente da Bolívia, Evo Morales, abandou ontem repentinamente a cidade de Oruro, no sul do país, depois que manifestantes, irritados com a alta dos preços, vaiaram o político e explodiram dinamites.

AE, Agência Estado

11 de fevereiro de 2011 | 13h00

Morales cancelou sua participação numa passeada em Oruro e retornou a La Paz, depois que o povo da cidade mineradora protestou contra a alta dos alimentos e o desabastecimento. A população está irritada principalmente com o fato de o açúcar ter quase dobrado de preço depois que o governo retirou os subsídios ao produto.

A popularidade de Morales caiu muito desde que ele tentou retirar os subsídios da gasolina, farinha e açúcar em dezembro. Posteriormente, ele desistiu da medida, mas retirou o controle de preços do açúcar. Ontem, também ocorreram protestos nas cidades de La Paz, Santa Cruz e Cochabamba. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
BolíviaEvo Moralesprotesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.