Presidente da China saúda 'amizade sincera' com África

O novo presidente da China, Xi Jinping, saudou nesta segunda-feira o fortalecimento dos laços com países africanos, durante um discurso feito em sua primeira visita como chefe de Estado ao continente.

Agência Estado

25 de março de 2013 | 08h25

Xi disse que a África é um "continente de esperança e promessa" ao se dirigir aos líderes na capital econômica da Tanzânia, chamando-os de "meus queridos amigos" e elogiando a "amizade sincera" com a África.

"A África pertence ao povo africano", disse Xi, discursando num novo salão de conferências construído pela China. "No desenvolvimento das relações com a África, todos os países devem respeitar a dignidade e a independência africanos", acrescentou.

O comércio entre China e a África chegou a mais de US$ 200 bilhões no ano passado, afirmou Xi.

Xi e seu homólogo tanzaniano, Jakaya Kikwete, assinaram 16 acordos nas áreas de comércio, cultura e desenvolvimento desde sua chegada à Tanzânia no domingo, dentre eles melhorias nos hospitais e portos tanzanianos, além da construção de um centro cultural chinês.

A Tanzânia, onde Xi chegou após uma visita a Moscou, é a primeira escala de sua viagem por três países africanos, o que destaca a crescente presença de Pequim no continente, rico em matérias-primas.

Xi, que realiza sua primeira viagem desde que foi indicado presidente, 11 dias atrás, vai a seguir para Durban, na África do Sul, para participar de uma cúpula de economias emergentes e encerra a viagem na República do Congo. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ÁfricaXi Jinpingvisita

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.