Fernando Vergara/AP
Fernando Vergara/AP

Presidente da Colômbia submete-se a cirurgia por causa de câncer

S'e Deus quiser, tudo vai sair bem', disse Juan Manuel Santos, animado, ao chegar à clínica nesta quarta-feira, 3

AE, Agência Estado

03 de outubro de 2012 | 10h29

BOGOTÁ - O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, deu entrada nas primeiras horas desta quarta-feira, 3, no hospital Fundación Santa Fé de Bogotá, onde será operado por causa de um câncer na próstata. "Se Deus quiser, tudo vai sair bem", disse um animado Santos ao chegar na clínica.

Veja também:

linkPresidente da Colômbia ficará 2 ou 3 dias internado após cirurgia

linkPresidente da Colômbia diz que está com câncer

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Espera-se que por volta do meio-dia (hora local, 14h no horário de Brasília) os médicos informem aos jornalistas a primeira parte do resultado da operação.

Na segunda-feira o presidente convocou uma coletiva de imprensa para revelar que seus médicos detectaram um câncer não agressivo em sua próstata. Segundo ele, as chances de cura são de 97%. O médico Sebastián Quintero, da Liga Colombiana contra o Câncer, explicou que a operação de Santos deverá durar entre uma hora e duas horas e que, sob condições normais, o presidente estará recuperado em 15 dias.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Colômbiapresidentecirurgia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.