John Thys/AFP
John Thys/AFP

Presidente da Comissão Europeia já quer começar a negociar saída do Reino Unido

'Não é um divórcio amigável, mas de todo modo não era um caso de amor muito próximo', disse Jean-Claude Juncker

Andrea Shalal, REUTERS

24 Junho 2016 | 23h32

BERLIM (Reuters) - O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse que quer começar a negociar a saída do Reino Unido da União Europeia e disse não haver razão para esperar até outubro, quando o primeiro-ministro britânico, David Cameron, deixará o cargo.

"Os britânicos decidiram ontem que querem deixar a União Europeia, então não faz sentido algum esperar até outubro para tentar negociar os termos da saída deles", disse Juncker em entrevista à emissora de TV alemã ARD. "Gostaria de começar imediatamente."

Juncker disse que a UE buscará uma "abordagem razoável" nas negociações da separação. "Não é um divórcio amigável, mas de todo modo não era um caso de amor muito próximo", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.