Korea Summit Press Poll/ AP
Korea Summit Press Poll/ AP

Presidente da Coreia do Sul sugere que vai pressionar por dispensa de sanções à Coreia do Norte

Moon Jae-in disse que seu governo vai 'cooperar com a comunidade internacional para resolver os problemas remanescentes, como sanções internacionais, o mais rápido possível'

Redação, O Estado de S.Paulo

10 Janeiro 2019 | 02h56

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, sugeriu, nesta quinta-feira, 10, que vai pressionar a comunidade internacional para que a Coreia do Norte seja dispensada de sanções, como forma de reiniciar projetos de cooperação econômica com o país.

Moon disse que seu governo vai "cooperar com a comunidade internacional, incluindo os Estados Unidos, para resolver os problemas remanescentes, como sanções internacionais, o mais rápido possível."

Em um discurso no Ano Novo, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, disse que está pronto para retomar as viagens sul-coreanas para uma montanha da Coreia da Norte e um complexo fabril administrado em conjunto pelos dois países. Os dois projetos de cooperação foram suspensos em meio a tensões nucleares nos últimos anos.

A declaração desta quinta-feira de Moon pode ser uma resposta ao discurso de Kim, mas tem o potencial de minar os laços com os Estados Unidos, que querem manter as sanções contra a Coreia do Norte até que ela abandone completamente seu programa nuclear. //ASSOCIATED PRESS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.