Presidente da Indonésia viaja para os EUA

A presidente da Indonésia, Megawati Sukarnoputri, que governa a nação muçulmana mais populosa do mundo, deve viajar nesta segunda-feira para Washington, em meio a uma controvérsia provocada por declarações de seu vice-presidente, que disse que os atentados terroristas "poderiam lavar os pecados dos EUA". Megawati, que deverá reunir-se com o presidente George W. Bush na quarta-feira, será a primeira governante muçulmana a visitar Washington após os atentados terroristas da última terça-feira, que deixaram um saldo de milhares de mortos. Em princípio, ambos deveriam discutir uma ajuda econômica para a Indonésia. No entanto, antecipa-se que Bush exigirá de Megawati a repressão aos grupos extremistas islâmicos em seu país. A Indonésia vem sendo afetada por vários conflitos separatistas e sectários. Alguns grupos foram acusados de manterem vínculos com redes terroristas internacionais. Cerca de 85% dos 203 milhões de habitantes da Indonésia são muçulmanos, e um setor destes tem questionado duramente o apoio dado pelos EUA a Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.