Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Presidente da Itália inicia consultas sobre novo governo

O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, inicia nesta quinta-feira, 22, as consultas com os grupos políticos para encomendar a formação de um novo governo, após a renúncia do primeiro-ministro Romano Prodi.Napolitano abrirá os contatos recebendo os presidentes da Câmara dos Deputados, Fausto Berttinoti, e do Senado, Franco Marini. Depois, vai ouvir os líderes dos partidos.As opções são várias. Napolitano tentará verificar a solidez da maioria de centro-esquerda e as condições de estabilidade da atual legislatura.Prodi está disposto a formar um novo Executivo, se Napolitano quiser, mas com a condição de que seja forte e conte com um amplo apoio no Parlamento.A Democracia de Esquerda (DS, ex-comunista, maior partido da coalizão) anunciou ontem que pedirá a Napolitano que confie a Prodi a formação de um novo Executivo. O líder do partido, Piero Fassino, fez um apelo aos aliados para que apóiem o primeiro-ministro.Também existe a hipótese de um novo Governo de centro-esquerda, mas sem Prodi. Outra opção seria um Executivo baseado numa maioria diferente e ampliada.O líder da União Democrata-Cristã (UDC), Pierferdinando Casini, da coalizão de centro-direita de oposição, disse ontem à noite que agora "é necessária uma trégua, um armistício"."Devemos nos sentar em torno da mesa, para discutir alguns pontos", disse.A queda do governo de Prodi aconteceu ontem depois de ele perder no Senado uma votação sobre as linhas de política externa. Ele não contou com o apoio de dois parlamentares de sua coalizão e de alguns senadores vitalícios.O Executivo de Prodi se sustentou durante 281 dias, com uma ampla coalizão de centro-esquerda formada por 16 partidos. Logo no início surgiram divisões em questões importantes, como a política externa, por exemplo a presença das tropas no Afeganistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.