Presidente da Libéria marca data para deixar o poder

O presidente da Libéria, Charles Taylor,anunciou neste sábado que deixará o poder no dia 11, curvando-se a um ultimato de líderes da África Ocidental no momento em quecombates voltavam a sacrificar a capital. A transferência de poder ocorrerá numa reunião conjunta do Congresso, disse Taylor a repórteres.Ele fez o anúncio depois de reunião com enviados de países oeste-africanos, que foram a Monróvia negociar sua renúncia como forma de estancar a sangrenta guerra civil que em dois meses jádeixou mais de mil mortos.Enquanto Taylor discutia com os diplomatas, a luta continuavaintensa na capital. Forças do governo desfecharam uma ofensivapara tentar recuperar três pontes estratégicas na regiãoportuária, que estão sob controle rebelde. Um porta-voz dogoverno garantiu que as pontes foram retomadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.