Presidente da Nigéria 'está morto', diz assessor

Umaru Yar'Adua sofria de doença cardíaca e estava internado há 6 meses.

BBC Brasil, BBC

05 Maio 2010 | 21h36

O presidente da Nigéria, Umaru Yar'Adua, morreu nesta quarta-feira, segundo relatos vindos do país e confirmados à BBC por um assessor da Presidência.

O porta-voz, que não quis ser identificado, disse que Yar'Adua está morto, apesar de ainda não haver nenhum anúncio oficial. O ministro da Informação do país também confirmou a morte do mandatário.

Yar'Adua, que se tornou presidente em 2007, sofria de uma doença cardíaca e estava internado desde novembro.

O vice-presidente Jonathan Goodluck assumiu a Presidência interina da Nigéria a pedido do Parlamento, do Senado e da Câmara em fevereiro, quando ficou claro que Yar'Adua não tinha condições de voltar a assumir o cargo.

Quando assumiu o poder, Jonathan disse que praticaria um bom governo, com transparência, e que combateria a corrupção de maneira mais rígida.

Na ocasião, havia expectativa de que posse de Jonathan poderia acabar com a uma crise constitucional e à paralisia política que atinge o país. Esta crise ameaçou até o progresso feito para paralisar os confrontos na turbulenta região do delta do Rio Níger, rica em petróleo.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.