Presidente da Síria ratifica fim do estado de emergência

O presidente da Síria, Bashar Assad, ratificou o fim do estado de emergência que predominou no país nos últimos 50 anos. O movimento é uma formalidade, depois de o governo ter abolido o estado de emergência há dois dias.

AE/AP, Agência Estado

21 de abril de 2011 | 10h51

Assad está tentando acalmar os manifestantes contrários a seu regime autoritário fazendo uma série de concessões. O estado de emergência permitia que o governo prendesse pessoas sem uma acusação.

O presidente vem lançando um ataque brutal às manifestações da oposição, que são cada vez maiores. Ativistas afirmam que ao menos 200 pessoas foram mortas nos confrontos desde que os protestos começaram, no mês passado. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaemergênciaAssad

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.