Presidente da Somália assume sob forte segurança

A cerimônia de posse do novo líder da Somália foi realizada neste domingo na capital Mogadishu em meio a um forte esquema de segurança, quatro dias depois de o presidente Hassan Skeikh Mohamud ter sobrevivido a uma tentativa de assassinato. Mohamud, professor e ativista, venceu as eleições na semana passada contra o presidente Sheik Sharif Sheikh Ahmed, pelo voto legislativo de 190 a 79.

AE, Agência Estado

16 de setembro de 2012 | 13h37

"Prometo que meu governo entregará um novo começo democrático", afirmou a um grupo de pessoas na Academia de Polícia, mesmo local onde foi eleito. Seu antecessor Ahmed afirmou que estava feliz com o retorno da segurança a Mogadishu e desejou sucesso a Mohamud.

O atentado contra Mohamud mostra os sérios desafios de segurança que ele enfrenta ao assumir o comando do volátil país africano, que não tem um governo estável desde 1991. Sua eleição foi condenada por militantes radicais islâmicos, que disseram ter sido manipulada pelo Ocidente.

Mohamud tem o apoio da comunidade internacional. Militantes do grupo fundamentalista islâmico Al-Shabab foram expulsos de Mogadishu no ano passado, o que permitiu o retorno dos negócios, das artes e do esporte. Mas ainda realizam ataques terroristas na região. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Somáliapresidenteposse

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.