Presidente da Somália escapa de explosões pelo 2o dia seguido

O presidente da Somália, AbdullahiYusuf, escapou ileso no domingo depois do segundo dia deataques com morteiros de suspeitos insurgentes islâmicos contrao complexo presidencial em Mogadíscio. A informação é de um dosassessores do presidente. Testemunhas disseram que os ataques de morteiros ferirampelo menos cinco pessoas. Um assessor presidencial disse àReuters que Yusuf está em segurança e que os morteiros nãocaíram perto de seu apartamento presidencial. "Cinco morteiros foram disparados contra a casa dopresidente. Um deles caiu diante do portão do palácio, ferindoduas mulheres e três homens", disse à Reuters pelo telefone atestemunha Abdulahi Mohamed. "Outro morteiro caiu dentro docomplexo, e outros explodiram nas esquinas do palácio." O governo interino de Abdullahi Yusuf e seus aliadosmilitares etíopes combatem partidários armados de um movimentoislâmico que controlou Mogadíscio e boa parte do sul da Somáliapor seis meses em 2006 até ser derrubado pelas forças aliadas. Os moradores da capital somali dizem que a violência vem seagravando nas últimas semanas, com ataques insurgentescrescentes contra posições militares e delegacias de polícia. (Reportagem de Aweys Yusuf e Abdi Sheikh)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.