Presidente da Ucrânia aceita novas eleições

O presidente da Ucrânia, Leonid Kuchma, disse nesta segunda-feira que acatará a decisão da Corte Suprema de repetir as eleições presidenciais, afastando temores de que tentaria impedir o novo pleito.Os comentários de Kuchma, feitos em uma reunião de ministros da área econômica, foram sua primeira reação pública à decisão do tribunal, divulgada na sexta-feira.O segundo turno da eleição presidencial na Ucrânia foi anulado por suspeita de fraude.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.