Presidente da Ucrânia perdoa condenados políticos

O presidente ucraniano, Viktor Yanukovych, perdoou o ex-ministro do Interior, Yuriy Letsneko, que havia sido condenado a quatro anos de prisão por abuso de poder. Após comunicado emitido neste domingo, Letsneko, que é aliado próximo da ex-premiê Yulia Tymoshenko, foi visto em liberdade, de acordo com fontes citadas pela agência de notícias France Presse.

Agência Estado

07 de abril de 2013 | 10h17

O presidente da Ucrânia assinou um decreto perdoando seis pessoas condenadas no país, incluindo o também ex-ministro Georgy Filipchuk, do Meio Ambiente. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Ucrâniapresidentecondenadospresos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.