Presidente de Benin sai ileso de atentado

O presidente de Benin, Yayi Boni, saiu ileso na quinta-feira à noite de um atentado que deixou vários feridos entre os membros da guarda presidencial, segundo informações desta sexta-feira, 16, de emissoras locais de rádio.Segundo as fontes, os autores do ataque, que ainda não foram identificados, dispararam contra o comboio do presidente que visitava a região central de Parakou, a cerca de 400 quilômetros da capital econômica de Benin, Cotonou."O chefe do Estado está são e salvo", declarou um alto funcionário da Presidência, sem dar mais detalhes sobre as circunstâncias do atentado. O mesmo funcionário também explicou que alguns membros da guarda presidencial tinham sido feridos durante trocas de tiros com os assaltantes.O ataque aconteceu em meio à campanha para as eleições legislativas, que ocorrerão no próximo dia 25 para renovar as 83 cadeiras da Assembléia Nacional que são disputadas por 24 partidos e coalizões.Yayi Boni foi eleito mandatário de Benin em 2006 como candidato independente, após abandonar seu cargo de presidente do Banco Oeste Africano de Desenvolvimento (Boad).Boni, cujo programa de reformas desperta a hostilidade de um setor da classe política nacional, se beneficia do respaldo de uma coalizão integrada por dezenas de partidos políticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.