Presidente de Gana é reeleito, diz Comissão Eleitoral

O presidente de Gana, John Dramani Mahama, foi declarado vencedor na eleição realizada neste domingo (9) no país, com 50,70% dos votos, segundo anunciou a Comissão Eleitoral. "Com base nos resultados atuais, eu declaro John Dramani Mahama presidente eleito", disse o chefe da comissão, Kwadwo Afari-Gyan.

ÁLVARO CAMPOS, Agência Estado

09 de dezembro de 2012 | 21h05

De acordo com os dados oficiais, o principal rival de Mahama, Nana Akufo-Addo, ficou em segundo lugar, com 47,74% dos votos. Mais cedo, o partido dele, o Novo Partido Patriótico (NPP), disse que houve um "padrão de fraude" na eleição presidencial. "Nós temos evidências concretas suficientes para mostrar que a eleição presidencial de 2012 foi vencida por nosso candidato", afirmou a legenda em comunicado.

No documento, o partido alega que percebeu "um padrão de fraude, onde um número substancial de votos foi transferido para Mahama ou tirado do nosso candidato". A oposição pediu uma auditoria da apuração dos votos e de dados das máquinas de verificação biométrica usadas na eleição antes da divulgação oficial do resultado, o que não foi feito pela Comissão Eleitoral. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesGanafraude

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.