AP Photo/Ariel Schalit
AP Photo/Ariel Schalit

Presidente de Israel pede que opositor tente formar governo após fracasso de Netanyahu

Yair Lapid ficou em segundo lugar com 17 deputados nas eleições legislativas e tenta formar uma coalizão que leve à saída de Bibi do poder

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de maio de 2021 | 13h41

TEL-AVIV - O presidente israelense, Reuven Rivlin, encarregou nesta quarta-feira, 5, o chefe da oposição, Yair Lapid, de formar um governo, após o fracasso do primeiro-ministro Binyamin Netanyahu. "Falei com Yair Lapid e disse a ele que estou dando a ele o mandato para formar um governo", anunciou Rivlin durante um discurso oficial na sede da Presidência em Jerusalém.

O prazo concedido a Netanyahu após as eleições de 23 de março expirou à meia-noite sem que ele conseguisse formar uma maioria de 61 deputados de 120 no Knesset (o Parlamento israelense) com vistas a uma coalizão governamental.

Após esse fracasso, que ainda não significa a saída do primeiro-ministro mais longevo da história de Israel, Rivlin teve três dias para decidir o próximo passo para tirar o país de dois anos de crise política.

Rivlin recebeu Lapid esta manhã, assim como o líder da formação de extrema direita Yamina, Naftali Bennett. Ambos pediram-lhe mandato para formar o próximo governo.

Paralelamente, o chefe de Estado israelense pediu aos partidos que lhe apresentassem possíveis candidatos ao cargo. "Ficou claro pelas recomendações recebidas que Lapid tem uma chance melhor de formar um governo", declarou o presidente israelense.

Lapid, cuja formação Yesh Atid ("Há um futuro") ficou em segundo lugar com 17 deputados nas eleições legislativas, busca formar um governo de união nacional para tirar Netanyahu do poder, julgado por corrupção e peculato. / AFP

Tudo o que sabemos sobre:
Israel [Ásia]Binyamin Netanyahu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.